Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Não abro mão’ Category

“Mis días sin ti son tan oscuros, tan largos, tan grise, tan absurdos, tan agrio y  tan duros…

No último dia 28 de abril tinha resolvido jogar tudo pro alto… Ia esquecer o que nem tinha acontecido, sem ao menos tentar. Mesmo sem saber eu estava certa. Na noite daquele dia sei lá o que aconteceu se foi o vento, os planetas que tomaram um rumo sem sentindo ou a terra que resolveu girar mais devagar depois das 21h.

…Mis días sin ti no tienen noches… Si alguna aparece es inútil dormir son un derroche Las horas no tienen principio ni fin…

Sei lá, só sei que alguém resolveu que ia brincar comigo… Deve ter pensado: “vou fazer essa guria ir contra tudo que ela já disse”. Nunca na vida tinha ido contra a mim mesma, nunca tinha voltado atrás de qualquer decisão que tomava. Mas depois daquele dia eu voltei e volto com muita facilidade.

…Tan faltos de aire, tan llenos de nada…

Aprendi a me entender, a aceitar que se eu brigo, xingo, grito é porque me importo. Que aquela história de “nem tô” não existe enquanto se está brigando. Depois desse dia eu já chorei, já sorri, já impliquei… Aaaaaa, já fiz tanta coisa, coisas que até mesmo já esqueci e outras que ficaram marcadas pra sempre.

…Chatarra inservible, basura en el suelo…

Mas o que eu realmente aprendi foi a sentir falta. A ter necessidade de ver, de estar perto. Nem que seja pra ter um simples abraço. E sem essa de obsessão… é pelo simples apego e carinho. E nesses meses que parecem anos eu aprendi a me importa tanto ou mais com alguém que não sou eu.

…Moscas en la casa!”

Advertisements

Read Full Post »

Parlami

Parlami, io ti prego non respingermi

Dimmi se, se ti ho perso oppure no
Ho creduto a lui alle labbra sue.. un errore da pagare
Ho creduto che non fossi…

Nelle mani, nella mia testa, nei miei muscoli
L’emozione per me più intensa è qui… con te

Parlami, per favore non escludermi come io ho fatto con te
Oh, no, no.. e dimmi se, se è finita oppure c´è, oppure c´è
Nel tuo dolore un raggio di sole, che non scalda ma non muore
Ho bisogno di sentirti qui..

Nelle mani, nella mia testa, nei miei muscoli
L’emozione per me più intensa è così

..io spero che anche tu, che un giorno anche tu la ritroverai..

mi troverai, in noi
..è così, l´emozione per me più immensa è qui
Parlami, è finita oppure no
[Parlami – Laura Pausini]
Sem mas…. essa musica diz tudo!

Read Full Post »

Ok, esse blog não é exatamente para isso, mas eu viciei nesse homem. Tô desde de domingo escutando tudo de John Mayer… Nunca fui muito fã, gostava de algumas músicas, mas agora mudou…. Fora que eu comecei a olhar ele com outros olhos. iuahsiashahahsiuahsaihshas

Vou postar uma das melhores música dele, na minha opinião, claro. Se alguém quiser baixar outras, recomendo: Say, Daughters, Gravity, Your Body Is a Wonderland, Why Georgia, Bigger than my Body, Dreaming with a Broken Heart e Waiting On The World To Change. E mais outras.
Slow Dancing in a Burning Room
John Mayer
························································································
It’s not a silly little moment
It’s not the storm before the calm
This is the deep and dying breath
Of this love that we’ve been working on
·
Can’t seem to hold you like I want to
So I can feel you in my arms
Nobody’s gonna come and save you
We pulled too many false alarms
·
We’re going down
And you can see it, too
We’re going down
And you know that we’re doomed
My dear, we’re slow dancing in a burning room
·
I was the one you always dreamed of
You were the one I tried to draw
How dare you say it’s nothin to me?
Baby, you’re the only light I ever saw
I’ll make the most of all the sadness
You’ll be a bitch because you can
You’ll try to hit me just hurt me
So you leave me feeling dirty
Because you can’t understand
·
We’re goin down
And you can see it, too
We’re goin down
And you know that we’re doomed
My dear, we’re slow dancing in a burning room
·
Go cry about it, why don’t you?
My dear, we’re slow dancing in a burnin room
·
Don’t you think we oughta know by now?
Don’t you think we should have learned somehow?

Read Full Post »