Feeds:
Posts
Comments

Archive for September, 2009

Nunca fui muito de reparar no comportamento masculino nos shopping, mas hoje me dei ao luxo. Quer dizer, tive que fazer comprar e por conseqüência tive que esperar a minha mãe chegar com o carro. Ok, fato esse pouco interessante, vamos volta para os homens.

Após as comprar me sentei em um dos bancos (aqueles que ficam no meio do shopping) para esperar e comecei a reparar nos homens que ali passavam em grupos. Tanto novos quanto velhos faziam a mesma coisa. Veja bem, sem pudor algum, falavam em voz alta e com ares de machões em busca da vitima perfeita. (Ok, exagerei, mas bem pouquinho)

Ao longo de cinco minutos reparei em dois rapazes que passavam. Bem vestidos com cara de moços de família. Vieram cochichando algo que de longe não se dava para saber ao certo o que era, até se aproximarem.

Ta vendo aquela d’ali? Aquela, de calça preta… – dizia um deles
Sei, sei…. é realmente é. – dizia o outro olhando descaradamente para dentro da loja.

Eles foram simpáticos até, porque me forcei a olhar para a loja e a guria estava de costas para a vitrine. Sim, caras amigas… era uma atendente. Nada contra elas, são mulheres do mesmo nível que nós, mas por favor?! Vamos deixar as gurias trabalhar em paz, ou vocês ainda acreditam que eles não passam lá todos os dias para ver a tal garota? Acreditam ainda que ela não viu que eles fazem isso? E que as amigas não tiraram com a cara dela? Ok, se acreditam não precisam mais lê.

Depois deles vieram mais quadros ou cinco não sei ao certo, caminhando e falando alto algumas coisas relacionadas ao trabalho. Foi quando então um senhor (sim, senhor com mais de 40 anos) que estava indo na frente faz uma parada brusca na frente da porta da loja e grita voltando pra trás.

Ohhh Matheus, Matheus, olha lá, bah….(nesse momento ele cochichou algo inaudível para o tal Matheus. Que por sua vez respondeu.
Fliiiiiiiiiiiiiiii – aquele barulho que fazemos quando abrimos mal, mal a boca e puxamos o ar junto com a saliva. Sim, aquele barulho que geralmente pedreiro faz quando tu passas na frente de uma obra antes de soltar um “Oh, gostosa”.

Podem me chamar de ingênua, mas nunca imaginei que homens que aparentam ter “classe” seriam uns pedreiros após o almoço olhando as atendentes de loja. É no fundo, no fundo, todo homem é um pedreiro nojento. E ai eu me pergunto, por que diabos nós procuramos tanto???

Advertisements

Read Full Post »